quarta-feira, 22 de abril de 2009

Heaven & Hell: Geezer Butler fala sobre novo álbum

O baixista do HEAVEN AND HELL — a atual encarnação do Black Sabbath —, Geezer Butler (foto), falou com o jornalista Justin Donnelly a respeito do novo álbum do grupo, “The Devil You Know”, cujo lançamento acontece na próxima segunda-feira, 28 de abril. Confira os principais excertos do bate-papo logo abaixo:

O processo de composição e gravação do álbum “The Devil You Know”:

“Contando tudo, levou doze semanas para compormos ‘The Devil You Know’. Começamos para valer a compor o novo álbum em maio passado, ficamos umas seis semanas compondo bastante. Então demos uma parada, saímos em turnê por um mês [N. do T.: na turnê ‘Metal Masters’], e fizemos mais umas seis semanas de composição. Finalizamos a composição do álbum em doze semanas. Acho que tínhamos mais algumas ideias e outras músicas que estávamos trabalhando, mas elas não eram tão poderosas quanto essas dez que estão no álbum, e acho que esse número era o ideal para o álbum. Depois disso, fomos direto para a sala de ensaios, e tocamos tudo ao vivo, pois só assim conheceríamos bem as músicas. Sentimos o baixo, a bateria e todo o material que trabalhamos em cima durante os ensaios. Em seguida, fomos direto para o estúdio, o que nos tirou três semanas, e pouco mais de um mês para o processo de mixagem. Foi um processo bem rápido para nós, porque geralmente leva décadas para finalizarmos um trabalho. Posso dizer que dessa vez estamos muito felizes com a experiência em estúdio”.

O porquê do título do álbum:

“Todos me perguntaram se eu tinha alguma idéia para o título do álbum. E eu tinha alguns títulos, e esse foi o melhor, o que todos gostaram. O significado por trás dele é muito simples: todos nos veem e ainda nos chamam de BLACK SABBATH. Ainda que nos intitulemos HEAVEN AND HELL, porque nós ainda somos o diabo que você conhece, no sentido de que ainda somos o BLACK SABBATH. É essa a história por trás dele.

O significado por trás dos números “25” e “41” no demônio da capa do novo álbum:

“Vi toneladas de explicações em fórums na internet! E algumas delas são bem engraçadas! [risos]. Mas o verdadeiro significado por trás dele é bem simples. Nós sempre tivemos aquele demônio com asas, e a gravadora queria que o usássemos mais uma vez nesse álbum. Então pensamos que ao invés de fazermos a mesma coisa novamente, decidimos lançar mão de algo diferente. Apareci com um verso da Bíblia. É uma parte de Mateus, capítulo 25, versículo 41. O verso começa assim: ‘Então Ele dirá que aqueles à sua esquerda, ‘separem-se de mim, amaldiçoados, no fogo eterno que foi preparado pelo demônio e seus anjos’. O verso fala sobre aqueles que se sentam à esquerda de Deus, que irão para o inferno. É isso.”

No bate-papo ainda, Butler revelou que algumas músicas do novo álbum serão tocadas na vindoura turnê, tais como “Follow the Tears” e “Eating the Cannibals”. A faixa “Time Machine”, do álbum “Dehumanizer”, também poderá ser apresentada ao vivo.

Nenhum comentário: